sexta-feira, 10 de junho de 2011

QUESTÃO BÍBLICA

Eis uma questão que recebi e, em seguida, a minha resposta.

==================

A QUESTÃO:

Jó 1.6.7
E num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles.
Então o SENHOR disse a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao SENHOR, e disse: De rodear a terra, e passear por ela.

Jó 2.1.
E, vindo outro dia, em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o SENHOR, veio também Satanás entre eles, apresentar-se perante o SENHOR.

Satanás perante o Senhor??? E aí?

===================

A RESPOSTA

Aí vai o que penso com relação à presença de Satanás perante Deus e seus filhos.

A lógica de Deus é diferente da nossa (Isaías 55.8: Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SENHOR).

Com uma pessoa normal (?) aconteceria exatamente assim: ela briga com uma pessoa e fica sem falar com ela e não quer vê-la nem pintada com tinta de ouro; e isso pode durar muitos anos...

Mas a lógica de Deus é diferente da nossa (oops! repeti). Deus é Deus de relacionamentos. E a maior prova é essa, ou seja, receber os seus filhos em sua casa e com eles o seu pior inimigo, sem ofendê-lo, nem lembrar de fatos ocorridos no passado, nem de fúteis cobranças, nem de acusações desnecessárias e perturbadoras. Bem diferente de nós, não é verdade? Carregamos mágoas, rancores, frustrações, ressentimentos, raivas, tristezas e outras coisas mais.

Entretanto, a lógica de Deus é bem diferente da nossa (estou repetindo) porque Ele é Deus de amor. Ele não nos trata de maneira diferente pelo fato de pensarmos diferente do que ele pensa e andarmos por caminhos diferentes dos caminhos dele. E isto é vital para nós! O que seria de nós se Deus nos tratasse como tratamos os que nos fazem mal ou que pensam e agem diferente de nós?

Temos de aprender com Jesus se quisermos nos apresentar como verdadeiros discípulos dele, o qual ao sofrer e morrer por nós, jamais repeliu, insultou, magoou a qualquer pessoa, mesmo sendo declaradamente inimiga.

Acredito que o apóstolo Paulo e muitas outras pessoas alcançaram este patamar - "vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim...".

Nós também poderemos alcançar, se formos pessoas anormais.

2 comentários:

  1. Olá Pastor Ed! E sabe que hoje mesmo estava pensando na minha anormalidade e em como ela poderia ser útil no contexto do Reino de Deus ... Muito bom ler isso.

    Abraçooo apertado!

    ResponderExcluir
  2. quando serei anormal quando,quando

    ResponderExcluir

Total de visualizações de página